6 de mai de 2013

"Se não ler, irá saber pela boca alheia" - capítulo 03



Por Omégeni Ramos

Foi sem querer querendo

Há cerca de 20 dias, um apresentador de TV estava voltando de Cacoal para Pimenta Bueno e foi abordado por dois homens em uma motocicleta, que pediram para o mesmo parar, porém de forma suspeita. O apresentador saiu em uma velocidade acima do permitido pela lei até encostar o seu veículo no posto fiscal da polícia rodoviária federal, mas a motocicleta com os dois "suspeitos" também parou.

E ficou constatado que tudo não passou de uma brincadeira de mau gosto feita por colegas de profissão. Segundo informações, o apresentador tremeu-se todinho ao ponto de "perder" a voz.

Fazendo o dever de casa direitinho

O prefeito Jean Mendonça (PTB), participou durante a manhã desta sexta-feira (03), da solenidade de abertura dos Jogos Escolares Pimentense 2013 – JEP´S,  que foi realizada na quadra da escola Anísio Serrão de Carvalho.

Centenas prestigiaram o evento. Quanto ao Poder Legislativo, não havia sequer uma alma viva o representando, mas é claro que deveriam estar tratando de assuntos de interesse de nosso município.

Poder Legislativo: Pode ser legal, mas é no mínimo imoral

Descobri porque não havia sequer um vereador na solenidade de abertura do dos Jogos Escolares Pimentense 2013 – JEP´S. No mesmo horário, os parlamentares estavam realizando uma sessão extraordinária na sala da presidência a "portas fechadas".

Segundo informações, a sessão foi realizada para tratar de assuntos de interesse dos gabinetes. Mas por que a "portas fechadas"?

Sei que é legal a extraordinária, mas também "julgo" sendo no mínimo imoral, haja vista que o presidente da Câmara, Paulo Adail (PMDB), presa tanto pela transparência dos atos do legislativo. Tenho certeza que o que foi tratado na extraordinária estará no portal transparência da casa de leis.

Quando uma sessão é realizada a "portas fechadas" gera várias dúvidas:

Mas é lógico que essa legislatura está fazendo a diferença e creio que não cometeria erros primários já no início do mandato, ou cometeria?

Creio que os novos parlamentares não fariam nada para se "queimar" com a população que acreditou e depositou o voto de confiança para os mesmos nos representar.

Na sessão extraordinária a "portas fechadas" só não estava presente a vereadora Sheilla Cassol, pois a mesma estava doente.

Extraordinária a "portas fechas"

Acho que me premeditei em elogiar tanto a nova legislatura. Saibam que segundo informações, uma das pautas votada e aprovada na sessão, foi o aumento do salário dos vereadores.

Lógico que não foi aquele aumento merecido devido ao trabalho que os mesmos desempenham em prol a nossa querida sociedade.

Com a exoneração de vários assessores, Alguns "vereadores" não perderam tempo e queriam que os subsídios que sobraram fossem incluídos nos salários dos mesmos, tanto é que um projeto foi apresentado com tal texto para votação, mas segundo informações, somente o Vereador José Irineu (PT), se manifestou contra e pediu para que o texto fosse reescrito, fazendo com que o salário dos assessores que ficaram na casa fosse adequado, mas mesmo assim o que sobrou foi incluído como aumento no salário dos vereadores.

Gera dúvida ou não gera uma extraordinária a "portas fechadas"?

Vereador fiscalizando vereador

Informações dão conta que tem vereador que possivelmente irá denunciar o que está acontecendo no próprio legislativo.

A princípio irá pedir os relatórios de todos os cargos da presidência, pois alega que presidente da câmara tem cinco assessores a disposição e a intenção é averiguar se possivelmente algum não esteja ocupando lugar destinado a cargo efetivo.

Concordo com você vereador, e tem mais, tem um órgão fiscalizador que fica a poucos metros da Câmara e é chamado de Ministério Público. 

E ai, será que o senhor vai ter coragem?

Indicado para a SEMOSP

Um vereador inteligentemente ao saber que teria que exonerar um de seus assessores, de imediato articulou o remanejamento do mesmo para a Secretaria Municipal de Obras - SEMOSP.

Só que o "ex-assessor" parece não entender a diferença entre o trabalho da SEMOSP e do legislativo, tanto é que na visita do Diretor Geral do DER, Lúcio Mosquini, o "ex-assessor" que atualmente trabalha na SEMOSP estava lá no aeroporto com o vereador para recepcionar a autoridade.

O prefeito discretamente teve que pedir para o mesmo voltar para seu local de trabalho, SEMOSP. Que vacilo hein?

Entendo o que ele deve ter imaginado: SEMOSP - DER tem tudo haver com obras, por isso ele marcou presença.

Bozo Deputado Federal?

Para finalizar vou dividir com vocês leitores os comentários de bastidores que estão rolando em nossa "city", sobre um nome para nos representar na Câmara Federal.

O nome comentado é o de BOZO do PSB, que com aquela sua careca brilhante, "toca o terror" nas sessões, colocando os assuntos mais polêmicos em discussão.

Informações dão conta que cerca de cinco empresários da cidade de Ji-Paraná acreditam e estão dispostos a investir em Bozo.


O vereador do povo está empolgadíssimo, mas ele está é certo, pois se o Tiririca é um Deputado Federal, BOZO também pode nos representar e com uma grande diferença, não vai precisar fazer exame para provar que é alfabetizado.



Ai Lek Lek Lek Lek Lek.  Até a próxima. Qualquer denúncia ou outro tipo de informação envie-me no e-mail: correiopimentense@gmail.com.


Nenhum comentário:

Postar um comentário