25 de nov de 2012

Que motivos fariam alguém deixar de ganhar quase R$ 30.000,00 ou mais?


Moro no município de Pimenta Bueno há 36 anos e alguns dias; no último texto que escrevi eu fiz a seguinte pergunta: será que a população merece algumas informações?

Em minha opinião, tanto faz como tanto fez, as pessoas não estão interessadas; só se manifestam em caso de necessidade, temos como exemplo o que acontece em período eleitoral. Algumas pessoas trocam o voto (maior poder dado a ela de quatro em quatro anos) por uma caçamba de terra, cerveja, iluminação de campo em zona rural, manilhas, pedidos de exames e como diz o popular; “uma lera de outras coisas”.

Em consideração aos leitores que sempre tiram um tempinho para matar a curiosidade lendo meus textos sobre o que acontece nos bastidores da política pimentense; saibam que até mesmo eu me impressiono com as mágicas que acontecem e me fazem lembrar do ilusionista David Copperfield.

Enigmas são feitos para serem decifrados. No texto anterior fiz questão de relatar que sistema trabalha em favorecimento próprio de quem está no poder. Por isso nesse texto coloquei o titulo:

Que motivos fariam alguém deixar de ganhar quase R$ 30.000,00 ou mais?

Em um processo eleitoral existem regras para serem possivelmente cumpridas.

Veja um exemplo claro:


Muitos devem estar se perguntando; o porquê do link acima?

Em Pimenta Bueno é fato! Os interesses sempre prevalecem, mesmo estando em desacordo com a possível legalidade. Um caso recente é de um candidato que participou nas eleições do ano de 2008, sendo ele filiado em um partido e ficado como primeiro suplente do mesmo; esse suplente saiu do partido no dia 29/07/2011 e filiou-se em outro no dia 01/08/2011.

No início do período eleitoral desse ano de 2012 esse suplente que não seria mais suplente, haja visto que a possível legalidade diz que o mandato é do partido; assumiu a vaga no legislativo estando filiado em outro partido que nem participou da coligação passada.

Fico imaginando. Será que todos os outros suplentes foram comunicados de tal vaga, pois pelo que sei, todos que concorrem em uma eleição para o cargo de vereador estariam com certeza de olho na cadeira.

Eu pergunto se você abriria mão da sua vaga? E por quê?
Fico imaginando o que aconteceria se o Dr Joaquim Barbosa (presidente do STF), homem que está mandando a galerinha da alta cúpula do mensalão para cadeia desse uma lidinha nos meus enigmas.

Por: Omégeni Ramos

Nenhum comentário:

Postar um comentário